segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Natal Chique.

Percorro o dia ,que esmorece
Nas ruas cheias de humor;
Minha alma vã desaparece
Na muita pressa e pouco amor.
Hoje é Natal.Comprei um anjo,
Mas houve um etéreo desarranjo
E o efeito em casa saiu mal.
Valeu-me um príncipe esfarrapado
A quem dão coroas no meio disto,
Um moço doente,desanimado...
Só esse pobre me pareceu Cristo.
         Vitorino Nemésio

2 comentários:

M. Lourdes disse...

Joaquim
Gosto de poesia e achei lindo este momento poético no seu blog, sobretudo porque a época é de Natal.
Beijinhos e Boas Festas

Joaquim Angelo disse...

Obrigado D Lourdes, mas natal devia ser todos os dias para que houvesse paz e boa harmonia.