domingo, 27 de setembro de 2009

Filarmonica

video



Filarmónica de Casegas, num dos momentos de actuação, em palco, no recinto da Aldeia onde geralmente se organizam as festas relacionadas com a cultura, e divertimento, num belo espaço mesmo no centro da nossa Terra. Espaço invejável porque além de limpo está mesmo ao lado da habitação das pessoas.

Estacionamento e Cachorros



Num dia de festa, estacionei aqui na Rua Principal, mesmo juntinho ao lado da praça, dentro da Rua 11 de Abril, porque também preciso de viver.
Eu contentor, peço desculpa a todos os habitantes da Aldeia porque quero naturalmente fazer concorrência aos comes e bebes do bar da festa, mas como não encontrei um lugar mais adequado, onde desse menos contratempos ao trânsito, estacionei aqui mesmo no centro do povo, para que todos os clientes me vejam, e me comprem alguma coisa...
E assim quis fazer concorrência às febras, e aos frangos que os meus vizinhos estão para ali a assar no arraial da festa...
Num lado cheira a churrasco e a febras, e eu contentor (dasvfarturas e cachorros)encho-vos as fossas nazais de néctar dos fritos: Óleo quente.

Nestes dias de festa dá para todos...

A comissão de festas até me cedeu energia(ao contentor claro), e como bons vizinhos que somos tudo correu as mil maravilhas, mas para isso tive que me encostar muito bem ao muro do balcão, para que ninguém se queimasse no meu óleo quente.
Desculpai-me, foi só três dias de sacrifício que tive que permanecer aqui ao calor do dia e à maresia da noite, e penso que não fiz transtorno a ninguém, e se fiz peço desculpa!
Obrigado pela vossa gentileza.